Home » Artesanato » Artesanato como forma de terapia

Artesanato como forma de terapia

A criação de artesanatos em grupo ou sozinho ajudam idosos e pessoas com pequenos distúrbios no dia a dia, a melhora é significativa

O artesanato como forma de terapia é muito indicado para idosos e pessoas com alguma dificuldade motora ou mental.

O artesanato, além de ser um ótimo hobbie, é uma boa maneira para se ganhar dinheiro como empreendedor. Mas fora isso, ele também é capaz de transformar a vida das pessoas, sendo usado como terapia, que consiste em atividades de trabalho ou lazer que demandam tempo e podem ajudar no tratamento de distúrbios físicos e psicológicos. Isso faz com que o indivíduo enxergue seu potencial interno e sinta-se capaz de realizar funções importantes. 

Benefícios do artesanato para a saúde 

Como já diria a sua vó – ou a de muitas pessoas – “cabeça vazia é oficina do diabo”. O ditado popular é antigo e um tanto quanto exagerado, mas faz um certo sentido. A prova disso é que psicólogos, terapeutas, psiquiatras e outros profissionais que estudam a mente sempre indicam atividades para seus pacientes manterem o pensamento ocupado. Seja a prática de um esporte, um novo hobbie, ou até a confecção de artesanatos. É cientificamente comprovado que técnicas manuais ajudam a melhorar a autoestima e o estado emocional. 

artesanato com forma de terapia


Trabalhos com artesanatos auxiliam na reinserção social (Foto: Prefeitura de Xinguara)

Além disso, a concentração usada para tal atividade pode distrair a pessoa de certos problemas e ajudá-la a mudar de vida. Outro fator importante é que o artesanato ajuda no desenvolvimento da capacidade de se expressar, fazendo com que a pessoa consiga inserir na arte algo que ela nunca conseguiu colocar pra fora. Por esses e outros fatores, o artesanato é usado como prevenção de problemas como transtorno de humor. Além disso, o artesanato é usado para depressão e outras doenças mentais. 


Veja mais: 30 Ideias dos Melhores Artesanatos para Dia das Mães

Artesanato como forma de terapia

Muitas vezes, por traumas ou até por acomodação, o indivíduo pode achar que não é capaz de desenvolver algo produtivo e que, literalmente, não serve pra nada. É aí que entra o artesanato. A pessoa terá a possibilidade de realizar atividades que vão proporcionar uma sensação de bem-estar única, fazendo com que os problemas de autoaceitação e de autoestima diminuam.

Usar o artesanato como forma de terapia pode ser uma forma de prevenir possíveis doenças mentais, ou até tratá-las, caso já existam. A técnica, como o próprio nome diz, persiste em ocupar a cabeça com algo proveitoso, que traga benefícios e realização pessoal. A atividade ajuda a pessoa a se sentir útil ao mundo novamente e  perceber que é ela mesma quem decide o próprio futuro. 

artesanato como terapia que faz bem
(Foto: Correio Popular)

Leia ainda: 20 Ideias sobre Artesanato Feito em Casa

Artesanatos usados como terapia 

Alguns dos artesanatos usados como terapia são a costura e o bordado. Com eles, além de passar o tempo, a pessoa pode produzir belos itens para sua casa, presentear os amigos, ou até, iniciar um novo negócio. Outras técnicas conhecidas, como tricô e crochê, também podem ajudar na terapia, pois exigem concentração, precisão e dedicação. Existe também o patchwork, que envolve diversas técnicas de artesanato, inclusive as citadas anteriormente, além de colagem e aplicações em peças. Com isso, é possível confeccionar bonecas, guirlandas, painéis, chaveiros e outros objetos.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*