Artesanato de Minas Gerais

Conheça um pouco mais sobre o trabalho artesanal que é desenvolvido em Minas Gerais!

O artesanato marca presença em várias regiões de Minas Gerais. A maioria da produção é baseada em cerâmica, madeira, pedra-sabão e fibras vegetais. Em Diamantina há os famosos os tapetes arraiolos, já em Tiradentes o que se sobressai são os objetos feitos em prata e na região do Vale do Jequitinhonha o destaque são para as peças de madeira e principalmente de cerâmica.

Créditos: montra.net

Em Diamantina, os citados tapetes arraiolos fazem parte de uma arte provinda de Portugal. A cidade guarda até hoje nos costumes e em suas artes, traços que um dia a conectaram diretamente com o país lusitano. Tendo todo um acervo histórico e cultural, é situada em uma região humilde, no Vale do Jequitinhonha. Isso fez com que, dentre as mais diversas manifestações culturais, o artesanato surgisse de forma natural no lugar. Unindo a vocação artesanal do Vale com a herança artístico-cultural portuguesa, ainda presente na cidade, é conferido ao artesanato de tapetes arraiolos de Diamantina o cunho de autenticidade que individualiza as produções do gênero, com formas belas de representação do folclore e da tradição da região.

Créditos: eucurtominas.com.br

Em Tiradentes, a prata e o latão são as matérias-primas para a criação de jóias, castiçais, cálices, vasos e cachepôs. Todos feitos manualmente em famílias que passam a arte de pai para filho. O artesanato em Minas Gerais é rico e cheio de nuances históricas, com traços que passeiam por acontecimentos entranhados na cultura e tradição das cidades mineiras.

– Veja também como fazer incenso de bambu!

Para conhecer ainda mais sobre o artesanato mineiro, visite os sites: Artesanato Mineiro e Tiradentes.net. Estes portais podem te ajudar ainda mais a entender como funciona a produção artesanal e toda a essência do artesanato presente na região. Espero que as informações tenham sido úteis. Boa pesquisa!

Fonte: cidadeshistoricas.art.br

Deixe um comentário