Como calcular preço de venda de artesanato

Aprenda a vender produtos por um valor justo e a valorizar o seu trabalho com simples dicas para calcular o preço de venda de artesanato.

Decidir viver do próprio trabalho pode ser uma solução para muitas pessoas que querem se livrar dos problemas causados pela atual crise econômica brasileira. Dessa forma, o artesanato é uma boa maneira de trabalhar em casa e se tornar um profissional autônomo. Porém, para o artesão que ainda não tem experiência na comercialização de seus produtos, é sempre um desafio encontrar um valor justo, que agrade os clientes e que justifique o trabalho desenvolvido.

É importante lembrar que o preço não deve apenas cobrir os custos dos materiais utilizados, mas também a mão de obra do artesão e uma margem de lucro, que permitirá que o profissional possa se sustentar com essa atividade, além de gerar renda para a continuação e o desenvolvimento do negócio. Pense também em outras despesas necessárias como o uso de energia elétrica e água.

Como estabelecer o valor da mão de obra?

O primeiro passo para saber qual o preço justo para as suas peças de artesanato é descobrir o quanto vale sua hora de trabalho. Para isso, você precisa estipular um salário que pretende receber por mês e dividir o valor pelo número de horas que irá trabalhar.

preço de venda de artesanato
Coloque todos os gastos no papel para não se esquecer de nada (Foto: Adara Artesanato)

Por exemplo, um artesão decide trabalhar em 20 dias úteis, durante oito horas, ou seja, 160 horas mensais, e quer faturar R$ 1.500,00 por mês. Nesse caso, a hora de trabalho do empreendedor vale R$ 9,37.

Leia mais: 23 Ideias de Artesanato Feito com Argila

Qual a margem de lucro justa?

A margem de lucro do artesanato por peça depende de inúmeros fatores, como o número de clientes, a criatividade do artesão, o diferencial do produto, a força e a visibilidade da marca. A margem de lucro considerada justa na venda de uma peça pode variar de 30% a 50%. Lembre-se, é com esse valor adicional que você dará sequência a seu negócio e poderá investir em novos equipamentos e maquinários.

Como calcular o valor final do artesanato?

Agora você deve somar o custo com materiais, a mão de obra e o lucro desejado para definir o preço do seu produto. O artesão do exemplo acima gasta R$ 10,00 em materiais para determinada peça, que demora cerca de uma hora para ficar pronta. A margem de lucro desejada por ele é de 50%. Nesse caso, a conta deverá ser feita dessa forma: Matéria Prima (R$ 10,00) + Mão de obra (R$ 9,37) = R$ 19,37 + 50%= R$ 29,05.

como calcular a mão de obra no artesanato
(Foto: G1)

Saiba também: 11 Ideias de Artesanato com Lona

Gastos com embalagens e embrulhos também podem ser acrescentados a essa conta. No caso das despesas com água e luz, nem todos os artesões costumam incluí-las, por geralmente trabalharem em casa, mas é opcional. Já os custos com frete são considerados adicionais, portanto devem ser pagos pelo próprio cliente e não inseridos nessa conta.

Agora que você já sabe qual valor cobrar pelo seu artesanato, mãos à obra!

Desejamos ótimas vendas!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *