7 Tipos de arame para artesanato indispensáveis em trabalhos manuais

O arame para artesanato é um material útil e versátil para criação de peças lindas e criativas.

Muitos trabalhos manuais podem ser feitos com uma base estrutural e moldada com arame.

Ele também pode ficar escondido, quando é coberto por outros materiais que se destacam ou é tão discreto que fica quase invisível.

arame para artesanato flores
Foto: @minniemadeny

Assim, cria-se peças como tricotin, bijuterias, flores decorativas, enfeites para casa, entre outros artesanatos com arame que são verdadeiras obras de arte.

Muitas vezes, um tipo de arame específico é apenas usado para alguns acabamentos, detalhes e finalizações rápidas, como na confecção de feixes e pingentes.

É importante conhecer os tipos de arame para artesanato para obter o melhor resultado na confecção da peça. Então, aproveite as dicas. 

7 Modelos de arame para artesanato mais usados e suas técnicas 

Os modelos de arame para artesanato se relacionam com muitas técnicas artesanais diferentes e criam peças conforme às suas necessidades.

1 – Arame galvanizado 

O arame galvanizado é um arame de aço ou de ferro, que se torna mais resistente ao ar, à chuva e ao calor. Ele é aplicado em diversas estruturas artesanais com intuito de serem mais duráveis.

rolo de arame para artesanato grosso
Foto: GO MAIOR

Essa resistência se deve ao seu revestimento de zinco e, graças à ela, acaba sendo recomendado em artesanatos que ficam expostos ao sol ou à umidade.

Com isto, use-o em enfeites de parede, faça telas de proteção e coloque outros artesanatos decorativos nas varandas, sacadas ou jardins.

tricotin
Foto: Studio G – Paper Art

As bijuterias também são ideais para serem feitas com esse tipo de arame. Afinal, o uso cotidiano dessas peças favorece o seu desgaste.

Vale ressaltar que são arames maleáveis também, facilitando o processo de manuseio para criar diversos artesanatos.

2 – Arame de alumínio 

O alumínio é um dos elementos químicos que produzem arames, seu aspecto cru é na cor cinza, mas além disso pode ser colorido e até neon.

Em geral, é o arame mais usado no artesanato, servindo na produção de guirlandas, cestos, cabides personalizados, peças de tricotin, lembranças e embalagens.

Colorido 

Os arames coloridos de alumínio se destacam e podem ser encontrados nas cores verde, vermelho, amarelo, dourado, cobre e azul, por exemplo.

arame para artesanato encapado
Foto: Encaplast

As cores podem estar sólidas ou acetinadas, com aspectos fluorescentes, brilhantes ou perolados, o que vai depender da escolha de cada um no momento da compra.

A modulagem desse arame faz parte do objeto e isto contribui para o seu destaque, sendo muito utilizado em lembrancinhas de festas.

Neon 

Se quiser criar de uma forma mais ousada, o neon é o melhor tipo de arame.

Ele já vem com uma fonte de energia, contendo todas as ligações elétricas necessárias para poder acender e iluminar o ambiente de um jeito mais criativo.

neon
Foto: Minas Midias

Antes de mais nada, ele é transformado em um artesanato de decoração com cores lindas e vibrantes.

Basta colocar em prática a sua ideia e fazer nomes e frases inspiradoras em tricotin, enfeites para parede, porta-retratos, topper de bolo, porta-maternidade e muito mais. 

Neutro 

O arame de alumínio neutro é um arame sem revestimento de cor ou com cores discretas, buscando por menos destaque, embora seja bastante elegante. Podem ser brancos, pretos, marrons ou nos tons de cinza.

neutro
Foto: Palácio da Arte

São arames perfeitos para ficarem invisíveis nos trabalhos, através de outras coberturas, como folhagens e rendas, que são usadas para fazer os acabamentos.

3 – Arame de latão 

O latão é formado por cobre e zinco, de modo que o arame se torna dourado, na cor de cobre quando está no estado natural (sem revestimento).

cabelinho de anjo dourado
Foto: Bead Shop

É um lindo arame para fazer peças brilhantes, com aspectos dourados e, ao mesmo tempo, metálicos.

Também é ótimo para ser usado em técnicas de modulagem por meio do manuseio com alicates, formando lindas peças com detalhes minuciosos.

4 – Arame recozido 

É um arame utilizado em muitas obras na construção civil, mas seu uso também pode ser em prol do trabalho artesanal.

Sua produção acontece através do processo de recozimento para dar mais maleabilidade à estrutura, possuindo menor teor de carbono na sua composição.

arame recozido
Foto: Nil Arte

O arame recozido permite adaptações em relação às estruturas que precisam ser construídas, se moldando em mais espaços e tendo alta durabilidade.

Porém, quebra mais facilmente quando é muito torcido, possuindo menor resistência à tração do que o arame galvanizado. No artesanato em geral, ele é mais utilizado em floriculturas e também na finalização de muitas peças.

5 – Arame encapado

O arame encapado, como o próprio nome indica, possui uma capa de proteção, um revestimento.

Ele se torna um fio mais grosso do que os demais arames de mesma espessura e garante uma durabilidade maior à peça.

arame para artesanato 1mm
Foto: Fino Arames Artesanais

O revestimento é, geralmente, feito com PVC, produzindo arames encapados com PVC de diversas cores, como verde, branco, marrom e amarelo.

Os arames verdes podem servir para fazer cabos de flores, por exemplo, além de outros objetos decorativos. 

6 – Arame de encadernação 

Esse arame corresponde à uma especificidade no artesanato: a encadernação artesanal.

encadernação 
Foto: Thelplastic Comercial Ltda

Ele já se encontra no molde apropriado para usar na encadernação de argolas, nos quais os furos são feitos por um perfurador de metal na capa e no miolo do caderno.

É um arame que já se encontra em muitos cadernos prontos que são vendidos nas lojas, mas pode ser adquirido separadamente e servir ainda para outros tipos de artesanatos.

7 – Arame floral

O arame floral é fácil de dobrar sem apertar muito e, em geral, é fino e forte. Ele é produzido para servir nos projetos de artesanato floral, conforme o estilo DIY (“faça você mesmo”).

floral
Foto: Amazon

A depender da cor e do estilo do arame floral, ele pode camuflar as hastes naturais, decorando e compondo diversos arranjos.

É um material feito para ser durável, além de ser à prova d’água.

Dicas de como escolher arame para artesanato 

Primeiramente, preste atenção na espessura do arame, pois essa informação é uma das mais importantes para servir à sua demanda.

Verifique também todas as informações possíveis sobre os fornecedores e fabricantes desses arames.

arame para artesanato fino
Foto: Bloom in the Black

A qualidade do arame pode depender disso, então, busque se certificar de que está comprando um produto seguro e confiável.

O arame pode apresentar diferentes características, sendo, por exemplo, um arame recozido de alumínio ou um arame galvanizado colorido.

Tudo isso pode confundir e gerar algumas dúvidas na hora de escolher, mas é preciso analisar cada qualidade de maneira individual.

arame para artesanato tricotin maleavel
Foto: Walcoom Corporation

Quando um arame é galvanizado ele é mais resiste à ferrugem, porém se for colorido é preciso saber qual o tipo de revestimento utilizado.

Se for um revestimento não-durável, ele pode descascar com mais facilidade e ir perdendo a cor. Além disso, um arame galvanizado pode possuir diferentes níveis de zinco na sua camada de cobertura.

Foto: @thewireflamingo

Quando aparecer o símbolo “Zn+” significa, por exemplo, que é uma tripla camada.

Faça uma pesquisa de mercado, encontre o melhor custo benefício para você e experimente diversos arames para artesanato de acordo com a sua necessidade.

Deixe um comentário