Qual a melhor máquina balancim para um trabalho perfeito?

O balancim facilita os trabalhos manuais na costura, aplicando diferentes elementos que servem para enfeitar e otimizar as peças têxtis de acordo com as necessidades e os desejos de cada um.

No início do aprendizado, a customização pode parecer difícil, mas os aparelhos surgem justamente para facilitar aplicações e manuseios.

O balancim é uma máquina tradicional que auxilia artesãos na área da costura. E apesar de poder ser substituído por outros aparelhos, ele possui a vantagem fazer de diferentes aplicações.

o que é balancim
(Foto: Distribuidor Cardenas)

O que é balancim? 

O balancim é um tipo de máquina manual, conhecida como prensa, usado na área do corte e costura que funciona a partir da aplicação de uma determinada força para inserir pequenos elementos nas peças têxtis.

Geralmente é indicado na atividade artesanal para a aplicação de botões de pressão, forração de botões, ilhós, rebites, botões flex, etc.

qual o melhor balancim
(Foto: Flora Aviamentos)

A força aplicada é uma pressão feita na alavanca que a máquina possui na sua lateral, facilitando e deixando o processo das aplicações mais prático.

Além disso, o produto funciona através da instalação de um par de matrizes que são rosqueadas de acordo com a peça que será aplicada.

Para que serve a máquina balancim? 

A máquina deixa os trabalhos mais bonitos devido à aplicação de peças que fazem toda a diferença na modelagem ou na customização de roupas, bolsas e outros artesanatos.

As peças que são aplicadas pelo balancim podem ser ilhoses, botões ou rebites, sejam eles de couro, de plástico, de tecido ou de outros materiais.

Para que serve a máquina
(Foto: Patchwork by Primar & Acessórios)

Conforme o tipo de material que será usado, a regulagem da pressão precisa ser modificada na alavanca do aparelho. E sem as matrizes encaixadas no balancim não é possível fazer a aplicação, mesmo com a pressão adequada.

O que são matrizes e como elas são usadas? 

As matrizes são compostas por pares (fêmeas ou machos) que tratam da forração de botões, cortes de materiais e aplicações de ilhoses e rebites.

Elas são específicas de acordo com o material usado e com os tipos de peças que serão aplicadas.

balancim e matrizes
(Foto: MMR Tavares)

Depois de instalar o balancim fixando-o em uma mesa plana e resistente para aguentar a pressão que será colocada, a matriz é rosqueada na abertura da estrutura de aplicação.

Antes de aplicar qualquer coisa, é necessário fazer a regulagem da mola com numeração na parte de cima do aparelho para definir a pressão.

Cada matriz precisa de uma regulagem que permite maior eficiência no processo, sendo assim, é preciso colocar a alavanca numa altura e pressão específica.

Vale ressaltar que não existe um tipo universal de matriz, nas quais poderiam ser usadas em todos os casos de apliques.

O que saber antes de comprar o balancim? 

Primeiramente, saiba que o balancim é uma máquina que precisa de cuidados, alguns são referentes ao modo de uso e outras à manutenção.

Evite deixá-lo empoeirado para que o pó não corroa a superfície e lubrifique o pequeno furo na alavanca de acordo com a frequência do uso, por exemplo.

Cardenas ou Graziano
(Foto: Studio Karol Demarchi)

Tenha em mente que será necessário comprar várias matrizes para diferentes apliques e que você precisa aprender a regular o balancim de acordo com os materiais destes.

Em relação aos apliques também é preciso ter certo conhecimento para identificar qual é o ideal para o seu trabalho. Os rebites são os mais comuns, geralmente são redondos e, além de enfeitar, dão segurança às duas emendas.

Os botões flex costumam ser aplicados em peças de jeans e é considerado um aplique para fácil abotoamento. Já os botões de pressão são ideais para bolsas, necessaires, roupinhas de bebês e outros artesanatos, sendo uma peça bem diversa e versátil na aplicabilidade.

O ilhós é um outro aplique bastante usado, que pode ser aplicado como enfeite ou para possibilitar amarrações. Fica agora a seu critério o uso do balancim e como ele será mantido de acordo com os trabalhos.

Veja as dicas do canal Criando arte com Aline – Aline Elstener e saiba tudo sobre o balancim:

Marcas mais usadas de balancim 

As marcas mais usadas de balancim, são: Cardenas e Graziano. Geralmente, as seguintes numerações são as mais procuradas: Cardenas 100 e Graziano 7.

Essas numerações tem a ver com um balancim que possui uma força fixa moderada, sem a necessidade de muita força manual para ser usado.

De modo geral, essas marcas nessas condições ou em outras, oferecem maior comodidade e rapidez, se adaptando a maioria das ferramentas e matrizes.

Qual o melhor balancim: Cardenas ou Graziano? 

A Cardenas e Graziano são duas marcas muito conhecidas e muito recomendadas. Talvez, a maior diferença seja referente ao valor/preço entre uma e outra.

As duas marcas são tradicionais, mas muita gente encontra o balancim Graziano em um custo menor em comparação ao balancim Cardenas.

O que pode interferir no valor também é a numeração da força que cada balancim traz como um aspecto fixo. Quanto menor for o número, maior será a força manual que deverá ser aplicada na hora do trabalho, ainda que a pressão e a altura da alavanca seja algo regulável.

Por isso que o balancim Graziano 7 e o Cardenas 100 são os tipos que solicitam uma força moderada, garantindo que as artesãs trabalhem com comodidade e satisfação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *