Como agregar valor ao artesanato

Agregar valor ao artesanato pode parecer difícil no primeiro momento, mas simples melhorias, detalhes e inovações fidelizam e cativam os consumidores.

O artesanato em si já é uma atividade que possui muito valor. Cada objeto é um reflexo da dedicação, trabalho duro e mais ainda, do talento de cada artesão, que se utiliza de suas habilidades para construir produtos únicos e belos, tudo isso com muito amor e carinho envolvido.

Passar de um hobby para uma profissão é uma transição um pouco difícil para os artesãos, afinal, ele precisa transferir mais valor às suas peças, ao ponto de que pessoas estejam dispostas a pagar por ela, e não um preço qualquer, mas sim um valor justo, que cubra todos os custos de produção e também recompense todo o trabalho e dedicação em cada peça finalizada.

Dicas de como agregar valor ao produto

Algumas dicas podem facilitar essa transição, dando à sua produção um aspecto mais profissional e possibilitando a você artesão, a cobrança de um valor que lhe permita uma boa renda mensal. Confira!

agregar valor ao artesanato
Aproveite ao máximo sua criatividade na hora de produzir (Foto: Elo 7)
  • Conheça o mercado: É preciso pesquisar bastante o mercado no qual você deseja se inserir, caso contrário será impossível agradar aos clientes e, portanto, vender. Tente descobrir quais são os possíveis concorrentes, e comparar os produtos deles com os que você oferece, em seguida procure por maneiras de adicionar diferencias, sejam estes em questões de preço, atendimento, ou nas próprias funcionalidades e características do seu produto artesanal. Use a criatividade!
  • Mantenha-se à frente do mercado: Isso significa investimento em capacitação, uma busca constante por melhorar na sua prática, podendo de tal forma agregar mais valor àquilo que você produz. Não importa qual o tipo de artesanato você desenvolve, em madeira, vidro, cerâmica tecido e etc., sempre existem novas técnicas, assim como novas ideias disponíveis, vá atrás delas para que seus clientes venham atrás de você!
  • Embalagens, tags e etiquetas: Isso faz toda a diferença na apresentação do seu produto.

Leia mais: Como artesão pode emitir nota fiscal

Como agregar valor ao artesanato

Cada peça produzida por um artesão é exclusiva, e por mais que se tente, é impossível reproduzir um item com as mesmas características. Aí está um dos maiores valores no produto artesanal, evidencie isso mostrando aos seus clientes as singularidades de cada peça, invista na riqueza de detalhes, e demonstre quanto trabalho e atenção foram dispensados na produção daquela peça.

valor do produto
(Foto: Viagens Possíveis)

Dê muito valor ao acabamento das peças, pois é aí que o cliente costuma confirmar o empenho em cada produto, e passa não só a comprar novamente, mas a também recomendar a sua arte para conhecidos.

Saiba também: Como artesão pode emitir nota fiscal

Como valorizar seu artesanato

Além da atenção ao acabamento, outra forma de valorizar o artesanato está em utilizar outros materiais incomuns. Não estamos falando de materiais extremamente caros (a não ser que o seu mercado comporte a esse tipo de matéria-prima), mas sim de materiais não usuais, que chamem a atenção dos clientes por conta própria, assim o seu talento fica ainda mais evidente, e o valor da peça tende a aumentar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *