Como artesão pode emitir nota fiscal

Veja nessa matéria como artesão pode emitir nota fiscal:

O trabalho autônomo tem sido uma das melhores saídas para quem se viu atingido pela crise do desemprego. Dentre as categorias de trabalho por conta própria, o artesanato é uma das mais recorridas, evidenciando o talento de muitas mãos e transformando muita dedicação e trabalho em fonte de renda para diversas famílias.

De acordo com o crescimento desse tipo de negócio, cresce também o interesse dos artesãos em organizar a sua produção para se afastar cada vez mais do amadorismo, e para que a sociedade também passe a encarar a sua atividade como uma profissão.

Como emitir nota fiscal como Artesão?
Por conta disso, muitos artesãos autônomos têm buscado a emissão de notas fiscais, que são necessárias principalmente para vendas feitas em grandes quantidades.

Leia mais:
26 Ideias Criativas de Artesanato com Papelão
Contribuição do INSS para o artesão

A resposta para essa questão está no programa ofertado pelo SEBRAE em conjunto com o governo federal, que agrega os artesãos e demais profissionais autônomos sob o título de empreendedor individual.

Artesanato é isento de imposto?

Não, a atividade de artesanato não é isenta de impostos. Entretanto, o pagamento das taxas garante vários benefícios para o artesão e trataremos deles ao longo dos próximos tópicos. Os tributos que incidem sobre a atividade do artesão devem ser pagos por meio do programa Simples Nacional, que unifica todas as taxas em um único pagamento, garantindo a previdência, os impostos para o município (ISS- Imposto Sobre Serviço), e também o imposto retirado por cada estado (ICMS – Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços).

O empreendedor individual pode emitir de uma só vez os boletos para todo o ano-calendário, e efetuar o pagamento em qualquer casa lotérica ou banco quando o vencimento estiver próximo.

Como artesão pode emitir nota fiscal

Primeiro é preciso se registrar como um empreendedor individual, e os requisitos pra tal cadastro são:

-Limite de faturamento em R$ 60 mil por ano

-Não possuir sociedade com outra empresa

-Não possuir filiais

-Ter no máximo 1 empregado

como emitir nota fiscal para artesanato
Foto: Istoé

Como emitir nota fiscal para artesanato

No momento do registro você precisará ter em mãos o  seu RG e o Cadastro de Pessoa Física (CPF), além de um comprovante de residência. O cadastro no programa pode ser feito via internet, no portal do empreendedor, e irá conceder um status de pessoa jurídica ao seu negócio, permitindo a emissão de notas fiscais.

O artesão não é obrigado a emitir documentos fiscais para todas as vendas, apenas para aquelas realizadas a pessoas jurídicas (outras empresas), e além de emitir a sua própria nota de venda, o comprador pode emitir uma nota fiscal de entrada por exemplo.

Se você deseja emitir as notas por conta própria, é interessante investir em um aplicativo de gestão, que tornará essa tarefa automática, coletando os dados da venda colocando-os no layout exigido. Mas lembre-se, de que um certificado digital será exigido, juntamente com seu CNPJ.

1 Comentário

  1. valdir cavalcante Responder

    Como emitir nota fiscal de produtos feitos a partir de reciclagem? Sendo que as matérias primas não tem nota fiscal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *