Home » Dicas de Artesanato » Como vender artesanato para lojistas

Como vender artesanato para lojistas

A venda de artesanato para lojistas faz parte de uma evolução natural em qualquer negócio, é preciso tomar muito cuidado para que isso não prejudique a essência do seu trabalho!

Veja dicas essenciais para vender artesanato para lojistas a seguir.

O trabalho com artesanato tem ganhado cada vez mais notoriedade em nosso país, recentemente tivemos a regulamentação dessa atividade como uma profissão, o que garantiu a muitos artesãos os direitos que todo trabalhador deve possuir e tornou a atividade ainda mais atrativa para aqueles que gostam da área e possuem o talento para desenvolver peças a partir das próprias mãos.

O comércio com outras empresas

Com a regulamentação, e consequente formalização do trabalho com peças artesanais, são acrescentadas algumas possibilidades de negócios aos profissionais dessa área, uma delas é o comércio para lojistas.

Como vender produtos artesanais no varejo
Chamado também de B2B (ou business to business) esse tipo comércio corresponde à venda de produtos ou serviços para outras empresas. Foto: wikiHow

O tratamento e o funcionamento das vendas B2B é bem diferente do que acontece ao vender diretamente para um cliente – chamado de B2C, business to consumer, por isso é tão importante buscar entender mais sobre essa modalidade de comércio que pode alavancar os seus ganhos quando feita do modo correto!

No caso do artesanato, o comércio B2B geralmente acontece quando um lojista compra as peças de um atelier ou grupo de artistas para vender em seu estabelecimento. Hoje, inclusive, esta modalidade tem ganhado força por conta de lojas online (e-commerces), que contam com os artesãos independentes para formar a sua base de fornecedores.

Lojistas que tem interesse em peças artesanais

Não são todas as lojas que optam por trazer produtos artesanais para seu estoque, mas elas existem sim! Em geral são lojas especializadas em produtos exclusivos, e que tem uma base de clientes voltada para esse consumo. É importante saber em qual categoria de produto o seu artesanato se encaixa, assim você pode procurar lojas especializadas nesse item – toalhas, por exemplo- e oferecer o seu produto artesanal para compor o estoque daquele estabelecimento.

As lojas de decoração valorizam muito as peças artesanais, por isso também são uma boa opção caso os seus produtos se encaixem nessa categoria. No mais, é preciso pesquisar um pouco para entender qual é a demanda local, ou se possível expandir, até qual localidade você poderia enviar a sua arte.




Leia mais:
Como ser um artesão de sucesso
Artesão é profissão regulamentada?

Como vender artesanato para lojistas
Foto: Siam1838

Cuidados ao vender para lojistas

Após identificar a demanda de mercado e existência de lojistas para distribuir seu artesanato, é necessário calcular bem os custos de produção para cada item. Ao vender a lojistas é necessária a redução de sua margem de lucro por produto, para que você ganhe ao final com a venda de grandes quantidades, e para que isso aconteça é preciso fazer os cálculos om calma e precisão.

Sabendo os custos de seus objetos, é hora de verificar se a sua linha de produção, ou seja, se você e seus funcionários (caso existam), darão conta de produzir todas as peças com um padrão de qualidade e detalhamento, sem prejudicar os prazos acordados com o lojista. Sabemos que no artesanato cada peça é exclusiva, mas também sabemos que peças mal-acabadas perdem o valor no mercado. Por isso é muito importante balancear esses fatores.

Como vender artesanato para lojistas
Avalie essa Matéria!



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*