Pintura de parede com fita: aprenda como fazer e veja dicas essenciais

parede decorada com fita adesiva

Fazer uma pintura de parede com fita pode ser um desafio, mas também pode facilitar a realização de pinturas decorativas que levariam mais tempo ou ficariam mais complexas sem o uso da fita.

Esse material chegou para auxiliar e inovar muitas pinturas, criando texturas e desenhos personalizados na parede. É uma ótima opção para quem deseja fugir da decoração com papel de parede.

A fita crepe pode ser usada para mascarar as pinturas e impedir que a tinta atinja o local onde a fita está. A fita adesiva, por outro lado, pode complementar a pintura realizada fazendo, além da marcação de espaço, um determinado desenho (nesse caso, a fita não é retirada depois).

como fazer pintura de parede com fita
Foto: @house_2happyhome

E, tudo isto são possibilidades da pintura geométrica, porque produzem linhas através das fitas e as tintas ressaltam a cor e a forma esperada. 

pintura de parede com fita passo a passo
Foto: @theploumanhouse

Tipos de pintura de parede com fita 

Existem alguns modelos clássicos, assim como muita novidade, para você se inspirar na hora de usar fitas na pintura da parede.

São tipos de pintura que funcionam muito bem em diferentes estilos e cômodos, desde que planejados e executados da maneira correta.

tipos de pintura de parede com fita 
Foto: Modern Home Decor

Todos os tipos são, praticamente, pinturas geométricas que se organizam de maneiras distintas, fazendo uso das linhas (retas e curvas) para criações diversas.

Vale a pena conferir os principais para ter uma base do que é possível fazer com a fita durante a pintura de parede.

Mosaico 

O mosaico é um tipo muito comum e bastante usado, até porque ele une várias formas geométricas juntas, em diferentes tamanho e linhas. 

Mas o efeito causado é o que interessa, e, nesse caso, o mosaico é como uma grande forma repartida em pedaços.

mosaico
Foto: @the_end_terrace

Perceba a sensação de quebra que esse tipo de pintura provoca, ao mesmo tempo que a união dos pedaços é esteticamente bem sofisticada e bela.

A maioria dos mosaicos são feitos com linhas retas que sugerem formas triangulares ou quadrangulares de modo irregular. Contudo, é possível também fazer mosaicos com figuras que tenham curvas.

Aproveite essa ideia para explorar diferentes formatos geométricos que podem se unir ou se entrecruzar em um mosaico com muita criatividade à vista.

Listras 

A listra é o tipo básico, especialmente para quem não tem muita experiência com pintura de parede usando fitas.

listras
Foto: @blissfulandboho

Elas podem ser formadas com as fitas coladas diretamente na parede ou por meio de pintura vazada, na qual se utiliza a fita apenas para demarcar o espaço de pintura.

Com a fita se pode impedir que a tinta respingue ou vaze para um espaço não desejado na parede, criando assim listras de modo muito fácil. Dessa maneira, as fitas são retiradas e o espaço onde elas estavam ficam na cor diferente da tinta que foi colocada em cima.

pintura de parede com fita crepe
Foto: VamosRayos

Basta usar as fitas em linhas retas sequenciais e passar a tinta por toda a superfície para dar esse efeito.

As listras são utilizadas em diferentes cômodos e podem ser extravagantes ou minimalistas, tudo depende das cores e dos formatos possíveis.

pintura de parede com fita para sala
Foto: @thepropertysistas

No nível mais complexo, a listra pode criar desenhos e texturas que tenham a ver com uma proposta mais elaborada. Ao fazer um desenho qualquer na parede, por exemplo, as listras podem servir como efeito de preenchimento.

A pintura de parede com fitas é uma arte que envolve todo o cômodo, então, é preciso envolver as listras pensando também no contexto e na harmonia do espaço.

pintar a parede com fita
Foto: @mymonthincolour

Ou seja, a listra não precisa estar presente em todas as paredes, mas pode ser usada juntamente com portas ou criando um complemento decorativo com algum móvel.

Fazer listras também requer pensar nos seus tamanhos (comprimento e espessura), pois uma listra pode ser uma grande faixa ou uma pequena faixa. Servindo mais, ou menos, para determinados trabalhos.

A composição de cores também faz uma grande diferença nos efeitos esperados com este tipo de pintura.

Desenhos em geral

O mosaico e as listras, como você pode perceber, acabam provocando certos tipos de desenhos. Porém, há outros desenhos que podem explorar ainda mais o imaginário do artista.

Com as figuras geométricas é possível formar diferentes figuras, como montanhas, pirâmides, estrelas e cruzes.

desenhos na parede
Foto: @mileidysolera

Em pinturas mais elaboradas é possível criar animais, como a face de um leão, a forma completa de um urso, flores que formam mandalas, entre outras opções. Desse jeito, as composições criativas variam bastante.

Muitos desenhos sofrem repetição na parede para criar uma textura visual, outros são usados pontualmente em um cantinho do espaço e podem ainda formar molduras.

Além disso, por que não misturar duas propostas? Assim, se pode criar uma composição única.

O desenho pode ser de uma cor só ou envolver as cores certas que combinam com os móveis do cômodo.

A depender da escolha fica muito criativo e interessante usar a mesma pintura feita na parede em um móvel que esteja no mesmo ambiente.

ideias de pintura de parede com fita
Foto: @phdemseilaoque

Outra ideia é fazer um único desenho se utilizando de duas paredes, usando um canto qualquer para começar o desenho em uma parede e terminar na outra.

Um modelo de desenho bem conhecido é o das montanhas ou o dos triângulos, que ficam entre uma parede e outra, criando um cantinho especial para uma atividade específica.

Com diversos desenhos, a sala, o quarto ou o banheiro, por exemplo, podem ter um espaço reservado com muito charme, criatividade e entusiasmo.

As fitas facilitam muito as pinturas desse tipo e, com esse tanto de elegância, nem parece que pode ser prático e rápido também.

Pintura de parede 3D com fita 

Para fazer uma pintura de parede 3D com fita, é necessário ter o gráfico do desenho desejado em mãos, especialmente se não tiver experiência com esse tipo de pintura.

Cada detalhe do desenho 3D importa, porque ele é milimetricamente pensado para causar o efeito tridimensional.

Pintura de parede 3D com fita 
Foto: CLAUDIA

A posição das linhas pode trazer mais profundidade ao desenho e, por isso, se diz que o desenho ganhou mais uma dimensão.

Cubos e paralelepípedos podem ser interessantes para se pensar nesse tipo de pintura, pelo menos de maneira inicial.

Antes de colocar as fitas na parede, experimente o desenho (do mais fácil ao difícil) no papel e veja as proporções, os tamanhos das linhas, as posições, etc.

Estude a imagem e coloque em prática em uma escala maior quando for pintar. São tantas possibilidades que você não vai parar de experimentar.

Qual a melhor fita crepe para pintura? 

Toda fita crepe profissional, que é pensada para ser colocada na parede e mascarar pinturas, pode ser utilizada.

Geralmente, ela é encontrada com diferentes espessuras e isto é o que facilita na escolha por uma fita crepe que mais se adeque ao seu desenho.

melhor fita crepe para pintura
Foto: @nia_does_diy

Quanto mais fina for a fita, maior deverá ser a cautela durante a pintura, sendo, esta, mais favorável aos trabalhos delicados.

Lembre-se ainda de fazer uma pesquisa de marcas e preços para saber o melhor custo x benefício, antes da compra.

pintura de parede usando fita crepe
Foto: The ArchDigest

Vale dizer também que as fitas adesivas, que são resistentes à umidade, não são indicadas para serem colocadas e retiradas da parede, porque é bem provável que elas tirem a tinta.

Muita gente usa essas fitas para complementar a pintura na parede, mas isto é opcional. Então, use a fita crepe se for fazer pinturas que necessitem da retirada da fita depois, no qual o espaço (onde ela estava) ficará sem uma determinada tinta.

Quanto tempo devo esperar para remover a fita crepe depois da pintura? 

O ideal é que se espere por 24 (vinte e quatro) horas para retirar a fita crepe depois da pintura.

Retire com cuidado e, assim, tente tirar a fita de modo inclinado para evitar qualquer tipo de dano.

pintura de parede com fita isolante
Foto: @after_the_fire_2018

Evite que a fita se rasgue no meio ou que algum resíduo manche a parede. É importante conferir, minimamente, que a tinta da pintura esteja seca ou que, pelo menos, esteja menos propícia aos borrões.

Mesmo que a tinta seque muito rápido, espere o respectivo prazo para retirar a fita sem problemas.

Como fazer pintura de parede com crepe passo a passo 

O primeiro passo, de qualquer pintura, é a preparação da parede.

Preparação

Retire o papel de parede ou o papel contact, se houver, lixe e preencha as irregularidades com massa corrida, se for necessário.

Colocação da fita

Depois é só usar a fita crepe para demarcar os espaços e criar a pintura geométrica da sua preferência.

No caso do tutorial abaixo, cada divisão feita pela fita crepe limita o espaço de uma determinada cor.

Para fazer uma emenda perfeita, use a massa corrida por cima da fita, pegando as bordas. Caso queira deixar o espaço da fita com a cor na qual a parede está, basta deixar a fita sem a massa corrida.

Pintura

Para economizar na tinta, experimente usar a tinta branca para misturar com diferentes corantes que são vendidos em pequenas bisnagas.

A proporção da quantidade de tinta branca e as gotas do corante encontra-se no rótulo do corante escolhido. 

Agora, chegou a hora de aprender a fazer essa pintura de parede com fitas com as dicas da Bruna Rezende:

Dicas para a combinação de cores para a parede 

Em qualquer combinação de cores, tente simular a pintura antes de realizá-la na parede.

Use um suporte para cada cor de tinta ou use um mesmo suporte colocando um saco em cima para protegê-lo, de modo que fica mais fácil trocar o saco e colocar uma nova tinta.

pintura de parede com fita cinza
Foto: @ourwhitehallhome

Use também corantes misturados com tinta branca para criar a cor que quiser, gastando menos e economizando tinta. Com poucas gotas do corante é possível fazer cores incríveis, usando apenas um galão de tinta branca como foi mostrado no passo a passo anterior.

Essa dica ajuda a deixar a parede ainda mais colorida, pois fica fácil produzir mais cores.

pintura de parede com fita para quarto
Foto: @inside_my_humble_home

Sobre a questão de composições estéticas a partir dessas misturas, tem ainda outras dicas maravilhosas.

Cores terrosas combinam bem com ambientes que possuem muita madeira ou têm um estilo mais rústico, mas isso não significa que não possam fazer parte de outros contextos.

banheiro decorado
Foto: @cosy_livings

Forme paletas que tenham cores que se aproximam a partir de alguma característica em comum, por exemplo: cores que são vivas, cores suaves, cores neutras, etc.

Faça composições harmônicas a partir também das suas cores favoritas e misture de modo que favoreça a decoração e o estilo desejado.

Uma mesma cor pode atingir várias tonalidades diferentes, apenas com a mistura da cor escolhida com o branco (para clarear) ou preto (para escurecer).

parede decorada
Foto: @pro_ject23

Concentre ainda no clima que você espera criar a partir da sua pintura, ou seja, se quer um clima ensolarado ou primaveril, aposte nas cores que remetam a isso. Nesse caso, poderiam ser as cores turquesa, verde azulado, amarelo, laranja, verde, entre outras.

Muita gente gosta de ousar e explorar novidades, mas as cores neutras continuam sendo as mais usadas para a pintura de parede.

triangulos
Foto: @behindthedoor_atnumber4

É claro que, com o uso da fita, muitos aspectos mudam e as possibilidades pontuais para usar uma cor de destaque podem aparecer a partir dos modelos sugeridos.

A pintura de parede com fita precisa ser planejada para alcançar os resultados esperados e para encantar muitos olhares.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *