Tinta para plástico: tipos mais usados para sua pintura

tinta para pintar cadeira plastica

Existem muitas opções de tinta para plástico, embora ele seja um material com baixa aderência à pintura.

Isso acontece por conta da sua superfície lisa e escorregadia, na qual as tintas não se fixam.

É por isso que é necessário também, antes de pintar qualquer material plástico, uma preparação para desgastar esse material e torná-lo mais aderente.

Outra maneira de pintar o plástico, no seu estado natural, seriam usando uma esponja, para concentrar uma boa quantidade de tinta que fará a secagem sobre a superfície.

Entretanto, esta não é a maneira mais eficaz, principalmente para pintar materiais maiores, pois seria um gasto muito maior de tinta e a pintura, provavelmente, ficaria irregular.

tinta para plástico pvc
Foto: Hometalk

Assim como existem as melhores tintas para madeiratintas para vidro, existem também as melhores tintas para plástico. Vale à pena conferir todas as dicas para descobrir como pintar plástico e fazer uma pintura perfeita. 

Tipos de tinta para plástico 

Os principais tipos de tinta para pintar plástico, são: tinta spray multiuso, tinta esmalte sintético e tinta acrílica.

Tinta spray multiuso

O primeiro tipo, a tinta spray multiuso, pode ser usada em qualquer superfície, basta conferir as instruções do rótulo para não errar.

Tipos de tinta para plástico 
Foto: De Limburger

Só que existem outras tintas sprays que são apropriadas, especialmente, para as texturas e acabamentos plásticos, de modo que elas merecem toda a sua atenção nesse contexto.

As tintas sprays tem um custo menor quando comparada aos galões de tinta, mas são ideais apenas para trabalhos pequenos, que se diferem de uma parede, por exemplo.

Tinta esmalte sintética ou tinta acrílica

Já a tinta esmalte sintética ou tinta acrílica, assim como a látex, entre outras de uso convencional (que servem para outras superfícies), são também aplicadas no plástico.

tinta para plástico e metal
Foto: The Himalayan Times

Essas tintas, geralmente, são encontradas nos efeitos brilhante e/ou fosco.

Esses acabamentos diferentes são escolhidos conforme o gosto de cada pessoa, seja ela usuária ou vendedora do produto plástico.  Por fim, as tintas específicas para este material se encontram no formato spray.

Preparação para pintura

Contudo, o ideal é que o plástico, antes de receber qualquer tipo de tinta, seja preparado. Então, primeiramente, lixe bem a superfície, e retire toda poeira, graxa ou qualquer tipo de óleo.

O óleo ou a graxa pode ser retirado com sabão, detergente e água.

Depois misture a tinta conforme as instruções do fabricante e aplique usando rolos de lã, pinceis (trinchas) ou pistolas (compressores).

Se você gosta de artesanato, confira as dicas do canal Artesanato por Iára Capraro e descubra mais uma opção de tinta para pintar plástico:

Tinta para plástico em spray 

Como a spray é considerada, geralmente, uma tinta multiuso, vale lembrar que existem tintas em spray para plástico com características específicas.

Dessa forma, há tintas em spray que são feitas apenas para pintar plásticos e vinis, por exemplo.

Além disso, a embalagem em spray condiz com o tamanho geral que um objeto plástico possui, por isso ela não é muito grande e serve para estruturas pequenas.

Tinta para plástico em spray 
Foto: Hometalk

Na maioria das vezes, são estruturas artesanais, e, isso justifica o porquê dessa tinta não ser vendida em galões.

Uma tinta spray seladora para plástico, melhora a aderência do plástico na hora de aplicar qualquer outra tinta, sendo assim, serve como um tipo de Primer.

Dessa forma, a tinta spray pode ser uma tinta multiuso (que serve para plástico, madeira, cerâmica, metal, etc.), uma tinta seladora ou uma tinta apenas para plástico.

Uma marca bem conhecida que vende tintas para plástico é a Colorgin, mas não confunda tinta para plástico com tintas plásticas que também são comercializadas por aí.

A diferença das tintas plásticas é que elas oferecem um acabamento plastificado, ou seja, elas possuem a textura visual de um plástico.

Assim, este aspecto não tem ligação direta com a aderência de uma tinta sobre uma superfície.

Confira agora o vídeo do Fabianno Oliveira e aprenda o passo a passo de como pintar cadeira de plástico com tinta spray da maneira correta:

Dicas para escolher a tinta para pintar plástico 

Para escolher a tinta mais adequada para pintar o seu objeto plástico, é necessário saber algumas relações entre o tipo de objeto com o tipo de tinta.

melhor tinta para pintar plástico 
Foto: Martha Stewart

Entretanto, antes disso, é preciso saber que o plástico não vai aderir uma tinta no seu estado natural, por isso ele precisa ser desgastado (com uma lixa, por exemplo).

Depois de lixar e limpar o plástico, retirando óleos e graxas com sabão neutro e água ou com detergente, confira algumas dicas:

1ª dica

Tintas com elasticidade, como a acrílica e a látex, são apropriadas para superfícies plásticas que são igualmente elásticas, ou seja, maleáveis, que se dobram.

Isto ocorre porque as tintas à base de óleo não possuem elasticidade e podem acabar se quebrando, eventualmente, durante a manipulação do objeto plástico que é mais flexível.

2ª dica

O plástico mais rígido pode ser pintado com os três tipos de tintas mencionados anteriormente: tintas de acrílico, de látex ou à base de óleo.

A maior diferença é que a tinta à base de óleo oferece um brilho mais durável e suave, mas esse efeito também pode ser produzido pela tinta epóxi (substituta).

Quando se diz que a epóxi é uma substituta, não significa que o efeito é o mesmo, mas chega próximo e acaba sendo uma opção para quem não quer usar tinta à base de óleo.

3ª dica

As tintas acrílicas ou de látex, por possuírem maior elasticidade, elas também toleram maior expansão e contração do plástico em variações de temperatura.

Essas tintas terão, dessa forma, uma cobertura mais durável sobre a superfície plástica, sobretudo, em plásticos mais flexíveis.

4ª dica

Para trabalhos menores, as tintas sprays são bastante recomendadas e algumas até auxiliam no processo preparatório do plástico, como é o caso das tintas sprays seladoras.

Lixar o plástico, assim como usar a tinta spray seladora para plástico ou outro tipo de Primer, é uma forma de criar pontos de aderência na superfície para facilitar a pintura.

Qual a tinta para pintar mesa de plástico? 

Para falar sobre qual tinta pintar uma mesa de plástico, reflita sobre uma questão. Depois de conferir todas as dicas anteriores, você está pronto para pintar uma mesa de plástico?

tinta para pintar mesa de plástico
Foto: HGTV

Calma, não se apresse, todo este artigo é apenas um resumo de um leque gigante de informações que envolve pinturas em estruturas plásticas.

Então, talvez seja preciso ainda um pouco mais de informações sobre a pintura com tintas para plástico. Desse modo, não haverá nenhum equívoco na hora de fazer acontecer.

Tinta spray

Um erro muito comum é pensar que a tinta spray pode ser o ideal para tudo, mas usando ela sem pensar é possível que se gaste mais dinheiro sem ter o resultado adequado. Afinal, ela não é o ideal em alguns casos.

A mesa plástica pode ter diversos tamanhos e, no caso das mesas grandes, o spray pode acabar tendo um custo maior por causa de uma maior quantidade que deverá ser aplicada.

Lembre-se que a embalagem da tinta spray não é tão grande assim em comparação a um galão, embora um bom manuseio dela ajude muito no rendimento.

Sendo assim, o ideal é procurar tintas que sejam vendidas em galões, ainda que pequenos, que possam render até duas demãos na mesa grande escolhida.

Cheiro da tinta

O cheiro da tinta também deve ser um fator importante, especialmente se for uma mesa que ficará dentro de casa.

O látex é uma tinta que não possui cheiro forte, sendo bem recomendada nesses casos.

Sabe-se que a tinta esmalte à base de água, também não possui um cheiro forte, mas lembre-se que ela fica bem comprometida quando há incidência de umidade.

Além disso, a tinta esmalte indicada para pintura em plástico é a tinta esmalte à base de óleo.

spray
Foto: Diário do Sertão

Durabilidade

Outro fator é a durabilidade, mas nem sempre isso vai depender do tipo de tinta usada, afinal, o plástico da mesa é flexível e pode criar fissuras na pintura com o tempo.

Para que isso não ocorra, passe um primer antes da pintura na cor desejada, sendo que esse primer pode ser uma tinta spray seladora ou um primer convencional.

Antes do primer ou de qualquer outro produto, principalmente se ele não for específico para plásticos, é extremamente importante que o plástico seja lixado (não se esqueça!).

Depois de lixar limpe o móvel (a mesa), aplique o selante (o primer) e, então, passe a tinta, que pode ser acrílica, látex, epóxi, à base de óleo (esmalte sintética), entre outras.

Cores mais usadas para pintar plástico 

O plástico é, frequentemente, pintado de amarelo, magenta ou laranja, sendo que o amarelo pode ser também o dourado.

As tendências de pintura em superfícies plásticas variam mais entre as cores vibrantes, destacando tonalidades como o rosa choque, o verde limão e o ciano bem forte.

Cores mais usadas
Foto: Arco Iris Tintas

Cores vibrantes

As cores vibrantes podem contar como uma grande e única categoria envolvendo as preferências pessoais, dentre as possibilidades citadas para pinturas nos plásticos.

Entretanto, o dourado é o queridinho e serve muito como um coringa para decorar diferentes móveis e ambientes.

Ele pode ser mais claro ou mais escuro (o dourado), mas o importante mesmo é reconhecer a grande preferência por esta cor, no geral, entre os pintores de plantão.

Laranja e magenta são outras cores que merecem ser lembradas aqui, porque são cores fortes que podem ser suaves também. Além disso, elas criam uma ótima cobertura visual em móveis de plástico.

O preto, também bastante usado, não foi citado porque cada vez mais as pessoas querem algo mais personalizado. O preto traz muita atitude, mas acaba sendo uma opção para quem prefere ambientes neutros e decorações minimalistas.

Como fazer pintura
Foto: The Bold Abode

Já as outras cores envolvem uma decoração mais elaborada, que precisa ser minuciosamente organizada para evitar excessos e criar atmosferas desejáveis.

Uma atmosfera desejável, com certeza significa um clima agradável, harmônico e criativo, que tenha tudo a ver com os envolvidos na criação.

Portanto, somente em caso de dúvida, use o dourado ou o preto, como coringas, sendo que o dourado ainda trará uma cor mais aberta e alegre ao redor.

Diferente do preto, que traz um aterramento, sendo mais forte e presente no espaço.

Ambas as cores combinam com quase tudo, por isso podem ser consideradas neutras ou quase neutras, pois o branco é a cor considerada mais neutra na decoração.

Tons neutros 

Mas, sabe qual é a outra cor que é tão neutra quanto o branco e que também é usada com frequência nos objetos plásticos? O cinza!

cores neutras
Foto: Primrose & Plum

O cinza, também considerado como “prata”, é uma cor cuja tonalidade pode ser mais clara ou mais escura, fazendo toda a diferença, pois são tons que vão do branco ao preto.

Dessa forma, o prateado também entra nesse repertório de cores mais usadas, dando ainda um aspecto metálico ao plástico.

E, buscando fugir da neutralidade, o que não pode é deixar, por exemplo, uma mesa plástica ou uma cadeira plástica sem pintura alguma.

Portanto, trate de pintá-las para dar vida aos seus móveis plásticos, ainda que sejam cores como os tons de cinza, o preto ou o dourado.

Em todo caso, não deixe também de conferir as possibilidades trazidas pela magenta, pelo laranja, pelo ciano, pelo verde limão e pelo rosa choque.

Essas são as cores de tinta para plástico mais usadas e que farão ainda mais sucesso no verão.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *